A (des)proteção jurídica dos Softwares

2 . agosto . 2018 . Por Dra Bianca Medran Moreira – NWADV/PORTO ALEGRE/RS

Após a revolução da internet, as interações entre os objetos e os seres humanos tornam-se cada vez mais complexas e intensas. Palco de uma revolução tecnológica que caminha a passos largos, a sociedade nunca mudou tanto em tão pouco tempo e a proteção jurídica de softwares virou tema latente, cotidiano e urgente. Mas que tutela é entregue, pelo ordenamento jurídico, a quem desenvolve, por exemplo, um aplicativo de celular e quer proteger sua ideia?

Leia na íntegra acessando o link: http://www.nwadv.com.br/wp-content/uploads/2018/08/Ades_protecao-juridica-dos-softwares.pdf