ARTIGO: O FUTURO PERTENCE À CHINA?

NWADV . 10 . agosto . 2020 . Por Maristela Basso

Recentemente, em declaração pública, Lei Jun, CEO e fundador da fabricante de celulares Xiaomi, declarou que o “futuro pertence à China”. Por certo, Lei Jun levou em conta, em tal afirmação, sua própria experiência de sucesso, não obstante os tropeços ao longo do caminho. A empresa chinesa Xiaomi, fundada em 2010, teve como primeiro produto a MIUI, skin baseado no Android. Já no ano seguinte, o primeiro celular, o Xiaomi Mi1, chegou ao mercado de forma bastante exitosa. Não demorou muito e, em 2014, a companhia investiu na sua internacionalização e abriu representações em Singapura e Índia.